O que é a Enterotomografia?

Início/Exames/O que é a Enterotomografia?

O que é a Enterotomografia?

A Enterotomografia é um exame de Tomografia Computadorizada usado principalmente para o diagnóstico de doenças do intestino delgado.

É um exame de fácil realização que permite a avaliação da parede intestinal, diferente de outros exames como a endoscopia, que visualizam apenas a camada interna do intestino.

Esse exame de imagem foi desenvolvido recentemente. Utiliza tecnologia moderna que oferece melhor resolução de imagem, sendo hoje uma importante ferramenta diagnóstica nas doenças que cursam com inflamação da parede do intestino..

A Enterotomografia vem sendo utilizada principalmente em crianças e em pacientes portadores de doenças inflamatórias intestinais, como forma de diagnóstico e acompanhamento da sua evolução.

Preparo para o exame de Enterotomografia:

No dia anterior ao exame, o paciente deve fazer refeições sem resíduos, isso significa evitar frutas e carnes e preferir alimentos pastosos ou liquidos, preferencialmente coados.

Também é necessária a utilização de laxantes no dia anterior ao exame, geralmente no esquema a seguir:

  • Adultos: 2 comprimidos de Dulcolax às 14 horas e outros 2 comprimidos às 18 horas;
  • Crianças: 1 sachê de Muvinlax em 200 ml de água pela manhã, outro à tarde e outro à noite;

Pacientes que tenham alguma intolerância aos laxantes especificados ou que estejam tendo diarréia devem comunicar a equipe médica para orientações individualizadas.

Os pacientes não devem parar de tomar nenhuma medicação de uso regular durante o preparo para este exame.

No dia do Exame:

No dia do exame, o paciente deverá fazer jejum para sólidos, ou seja, só deve beber líquidos (sucos só se forem coados). O consumo de líquido é livre. Também devem continuar tomando normalmente suas medicações.

O paciente precisa chegar à Tesla 2 horas antes do exame ser realizado, pois será necessário tomar um preparo de água com Muvinlax durante 1:30 horas, em quantidade personalizada de acordo com o peso do paciente. Esse preparo é necessário para distender as alças intestinais com líquido para que possamos avaliar suas paredes.

Será feito um acesso venoso para podermos aplicar o contraste na veia durante o exame.

Após a ingestão da solução liquida, o paciente será levado à sala de tomografia, onde serão adquiridas duas sequências de imagens após administração do contraste na veia.

As duas aquisições são rápidas e demoram, ao todo, cerca de 3 minutos. Após isso, as imagens serão enviadas para um computador onde serão processadas e reconstruídas para que o médico radiologista possa avaliar e emitir o laudo.

Após o exame, é esperado que o paciente apresente diarréia ao longo do dia, geralmente sem cólica. A recomendação é que, após o exame, beba bastante liquido durante o dia e volte à sua alimentação habitual.

Usos e indicações da Enterotomografia

Hoje em dia, a Enterotomografia é utilizada principalmente para o diagnóstico de doenças inflamatórias do intestino, para localizar sangramentos no trato intestinal e para a detecção de pequenos tumores no intestino, sejam eles benignos ou malignos.

Os médicos, principalmente os gastroenterologistas, utilizam desse exame quando existe necessidade de pesquisar doenças como a Doença de Crohn e suas complicações, Retocolite Ulcerativa ou síndromes que causam má absorção dos alimentos no intestino.

Converse com seu médico para saber qual é a sua indicação para realizar o exame, para saber o que esperar como resultado.

Vantagens e desvantagens da Enterotomografia

Como dissemos acima, a Enterotomografia é um exame de fácil execução, rápido, e pouco invasivo. Algumas outras vantagens desse método diagnóstico incluem:

  • A Enterotomografia permite a avaliação completa por toda a espessura da parede do intestino;
  • A Enterotomografia fornece informações sobre as estruturas adjacentes do mesentério, da rede de vasos sanguíneos, da gordura abdominal e dos demais órgãos do abdome;
  • A Enterotomografia permite a avaliação de órgãos sólidos e oferece uma visão geral do abdômen como um todo, permitindo a indentificação de outras alterações que podem estar relacionadas às doenças intestinais inflamatórias.

Como todo exame, a enterotomografia também possui suas desvantagens. A principal delas é a exposição à radiação ionizante. Outra desvantagem é o uso de contraste, o que pode contra-indicar o exame para certos tipos de pacientes, como doentes renais crônicos que ainda não fazem diálise.

A Enterotomografia, como qualquer outro exame de imagem, deve ser indicada por um médico especialista e realizada em clínicas especializadas. Discuta com seu médico sempre as indicações e contra-indicações do exame, bem como seus resultados.

Qualquer dúvida que ainda possuir sobre o exame, deixe nos comentários!

Por |2018-03-26T11:53:58+00:0026 de março de 2018|5 Comentários

Sobre o Autor:

Avatar

5 Comments

  1. Avatar
    Charlene 14 de julho de 2018 em 17:30 - Responder

    Boa tarde,
    Fiz a Enterotomografia e não sabia que estava grávida. Isso pode prejudicar em algo na formação do bebê??
    Aguardo resposta por favor.

    • Avatar
      Anderson 17 de agosto de 2019 em 00:34 - Responder

      Sinceramente sim, pois existe um protocolo onde quem está grávida não pode se que estar próximo a qualquer exame irradiante.

  2. Avatar
    Magna Barbosa Vilela 16 de junho de 2019 em 14:13 - Responder

    o exame pode ser feito sem contraste?

    • Avatar
      Anderson 17 de agosto de 2019 em 00:36 - Responder

      Se for Enterotomografia é para a cavidade abdominal e é feito com contraste de preferencia não ionizante. Portanto não pode.

  3. Avatar
    Malena 5 de outubro de 2019 em 02:02 - Responder

    Meu médico pediu Enterotomografia, mas meu convenio agendou

    ESPECIALIDADE

    TOMOGRAFIA COM CONTRASTE

    PROCEDIMENTO

    ABDOME TOTAL (ABDOME SUPERIOR, PELVE E RETROPERITÔNIO) é a mesma coisa?

Deixar Um Comentário