Enterotomografia e Enterorressonância (Entero-TC e Entero-RM)

Início/Exames realizados/Tomografia Computadorizada/Enterotomografia e Enterorressonância (Entero-TC e Entero-RM)
Enterotomografia e Enterorressonância (Entero-TC e Entero-RM)2018-07-09T12:56:57+00:00

Enterotomografia e Enterorressonância

  • tomografia-computadorizada-entero-tc1-900-900
  • tomografia-computadorizada-entero-tc

Para diagnosticar qual doença?

O grupo de doenças classificadas como Doença Intestinal Inflamatória (DII) inclui a Doença de Crohn (DC), Retocolite Ulcerativa (RCU) e a Doença Intestinal Inflamatória Não Classificada (DIINC). Seu diagnóstico pode ser desafiador na prática clínica, sendo necessário comprovar atividade inflamatória intestinal e excluir várias outras causas de inflamação, como doenças infecciosas, alergias alimentares e imunodeficiências primárias. Com formas variadas de se apresentar e, dependendo da doença, podendo comprometer qualquer parte do tubo digestório, que vai da boca até o ânus, a avaliação de toda a sua extensão sempre foi um grande desafio. O tubo digestório pode medir até 10 metros ao todo, sendo que apenas uma pequena parte é acessível aos exames endoscópicos. A endoscopia digestiva alta avalia o esôfago, estômago e parte do duodeno, enquanto a colonoscopia avalia apenas o intestino grosso (cólon) e, em alguns casos, um curto segmento do íleo distal.

Com o avanço tecnológico da tomografia computadorizada e da ressonância magnética, foram desenvolvidas técnicas direcionadas para a avaliação do intestino delgado, até então inacessível pelos exames tradicionais.

Como é feito o exame?

A Enterotomografia (Entero-TC) e a Enterorressonância Magnética (Entero-RM) são exames que consistem basicamente em distender as alças intestinais com liquido e material viscoso que não é absorvido pelo intestino (utilizamos Macrogol 3350 – Muvinlax – seguro para a administração em adultos e crianças) e aquisição de imagens direcionadas após a injeção de contraste venoso.

Para tal, é necessário realizar uma espécie de limpeza das alças intestinais no dia anterior ao exame, conhecido como preparo intestinal. Dessa maneira, conseguimos avaliar as paredes do intestino à procura de áreas de inflamação ou de estenose (estreitamento), além de avaliar a presença de fístulas, abscessos e outras alterações que podem estar associadas.

Diferenças entre a Enterotomografia e a Enterorressonância

Existem diferenças entre a Entero-TC e a Entero-RM que podem tornar uma ou outra mais indicada em cada caso. A Entero-TC é mais rápida, sendo adquiridas duas séries de imagens que duram cerca de 20 segundos cada, após a injeção de contraste iodado na veia, onde o paciente precisa prender a respiração no momento em que as imagens estão sendo adquiridas. Por isso, depende menos da colaboração do paciente, podendo ser apropriado em pacientes que tenham claustrofobia ou crianças.

Entretanto, a Entero-TC necessita da emissão de radiação ionizante (raios-X) para a sua realização o que deve ser levado em consideração, principalmente em crianças e adultos jovens. Vale ressaltar que a Tesla dispões de tomógrafo multislice e software de reconstrução iterativa que permite reduzir a dose de radiação em até 76%.

A Entero-RM é um exame mais complexo, depende mais da qualidade do aparelho e da experiência do médico radiologista, demora cerca de 30-40 minutos, onde são obtidas várias sequências antes e após a injeção do contraste paramagnético (gadolínio) e de Buscopam na veia. É extremamente importante que o paciente seja capaz de prender a respiração e permaneça imóvel durante a aquisição das imagens. O aparelho pode gerar algum desconforto para pacientes que tenham claustrofobia. Entretanto, o nosso aparelho de Ressonância Magnética da Tesla tem área de abertura 36% maior que os aparelhos convencionais (diâmetro de 70 cm, contra 60 cm dos aparelhos tradicionais), fones de ouvido que bloqueiam o ruído e reproduzem músicas à gosto do paciente, além de circulação de ar e iluminação dentro do tubo, tudo para melhorar o conforto durante o exame. A Entero-RM ainda possui as vantagens de fornecer informações sobre o grau de inflamação e de cicatrização dos tecidos e de fazer uma avaliação funcional, estudando o fluxo do conteúdo intestinal nas áreas afetadas. É importante ressaltar que nem a Entero-TC nem a Entero-RM podem ser feitas com anestesia ou sedação.

Nossa equipe é altamente especializada, com grande experiência nos exames de Entero-TC e Entero-RM, tanto em adultos, quanto em crianças. Sinta-se à vontade para tirara todas as suas dúvidas com nosso Médico Radiologista

Orientações antes dos exames

  • Maiores de 18 anos:
  1. Alimentação sem resíduos no dia anterior ao exame – evitar carnes e fibras. Preferir alimentos pastosos e líquidos (sopas, vitaminas, leite, sucos coados);
  2. Tomar 2 comprimidos de Ducolax às 17 h, no dia anterior ao exame;
  3. Jejum de 8 horas para sólidos e pastosos;
  4. Liquidos à vontade!
  5. Não deixar de tomar nenhuma medicação!
  6. Não tomar Buscopam!
  7. CHEGAR 2 HORAS ANTES DO HORÁRIO MARCADO DO EXAME PARA CONTINUAR O PREPARO INTESTINAL NA CLÍNICA!
  • Menores de 18 anos:
  1. Alimentação sem resíduos no dia anterior ao exame – evitar carnes e fibras. Preferir alimentos pastosos e líquidos (sopas, vitaminas, leite, sucos coados);
  2. Diluir 1 sachê de Muvinlax em 200 ml de água – tomar 1 copo de tarde e outro à noite, no dia anterior ao exame;
  3. Jejum de 8 horas para sólidos e pastosos;
  4. Liquidos à vontade!
  5. Não deixar de tomar nenhuma medicação!
  6. Não tomar Buscopam!
  7. CHEGAR 2 HORAS ANTES DO HORÁRIO MARCADO DO EXAME PARA CONTINUAR O PREPARO INTESTINAL NA CLÍNICA!

Caso haja alguma dificuldade ou restrição à algum item do preparo, entre em contato com a Tesla para oferecermos alternativas que se adequem melhor a cada situação!

Marque seu Exame

A Tesla Imagem está sempre pronta para atendê-lo.

Digite o código no campo abaixo: captcha