Tudo o que você precisa saber sobre o contraste

Início/Contraste/Tudo o que você precisa saber sobre o contraste

Tudo o que você precisa saber sobre o contraste

Em alguns exames de imagem, o contraste pode ser solicitado, principalmente em diagnósticos onde grande precisão é necessária. Ele é aplicado de forma intravenosa e causa uma série de dúvidas, que precisam ser esclarecidas. 

Muitas pessoas se sentem inseguras sobre o efeito do contraste e não autorizam seu uso. Por consequência, seus exames perdem em qualidade. Para que o leitor fique mais seguro em seu próximo exame de imagem com contraste, trouxemos as principais informações sobre o mesmo. Confira!

É um procedimento indolor

Ao contrário do que muitos dizem, o procedimento não provoca dor ao paciente. Por ser uma substância que precisa de acesso venoso para ser aplicado, pode causar incômodo no momento da introdução da agulha. No entanto, o contraste e o exame são totalmente indolores.

Seguro para o organismo

Com o avanço da tecnologia, já existe o contraste não iônico, que tem risco mínimo para o organismo. Especialistas recomendam que o paciente que precise fazer algum exame com esse procedimento apenas converse com o médico sobre o uso de medicamentos – pois em alguns casos é preciso suspender o uso por um tempo determinado.

A aplicação só é feita mediante documento de autorização

Mesmo sendo um procedimento necessário e vantajoso para diagnosticar doenças e acompanhar a evolução de determinados tratamentos, a aplicação do contraste só acontece se o paciente assina um termo de autorização. 

No entanto, é importante confiar na equipe médica e autorizar seu uso. Afinal, o contraste é fundamental para avaliar inúmeras doenças, como patologias oncológicas por exemplo. 

Preparo

No caso de exames de imagem com esse preparo, é recomendado que o paciente faça jejum. Caso o paciente tenha alergia a alimentos, medicações, histórico de asma ou qualquer outra ocorrência de sintomas em exames anteriores com contraste, estas situações devem ser informadas ao médico antes da realização de um novo procedimento. 

O contraste não é exclusividade do raio-x

Além da radiografia, a tomografia e a ressonância magnética são bons exemplos de exames de imagem que podem necessitar do contraste para revelar imagens precisas. Isso porque ele é capaz de realçar tecidos que não apareceriam com tanta nitidez.

Este resultado ocorre por conta da alteração da absorção da radiação ionizante dos tecidos, provocada pelo contraste. 

A utilização do contraste faz toda a diferença na hora da realização de um exame. Converse com seu médico e não deixe de realizar seus exames.

Aqui na Tesla Imagem, seus exames são realizados com seriedade e respeito à individualidade de cada paciente. Utilizamos máquinas de alta tecnologia e uma equipe especializada. Se você precisa fazer um exame de imagem, conte com quem realmente entende do assunto – agende já o seu horário em nossa clínica!

Por |2020-02-05T00:32:36+00:0012 de janeiro de 2020|0 Comentários

Sobre o Autor:

Avatar

Deixar Um Comentário