Por que realizar a ressonância magnética do pênis?

Início/Exames/Por que realizar a ressonância magnética do pênis?

Por que realizar a ressonância magnética do pênis?

Exames do trato urinário e genital são geralmente realizados utilizando-se o exame de ultrassonografia, um exame bastante preciso realizado para verificação de cálculos urinários, inflamações, tumores e dilatações. É inclusive um exame mais barato se comparado ao exame de ressonância magnética, razão pela qual é normalmente escolhido como exame preliminar.

No entanto, as vezes o médico urologista precisa ainda de mais detalhes para analisar o que acontece dentro do pênis. Nestes casos ele precisa recorrer ao exame de ressonância magnética.

Estes casos geralmente são:

  • Câncer de pênis: Se um paciente tem ou é suspeito de ter câncer de pênis, a ressonância ajudará na identificação da localização exata do tumor, o que é muito benéfico na definição de uma abordagem cirúrgica.
  • Priapismo: Situação médica na qual o pênis permanece por mais de quatro horas em ereção, de maneira involuntária, causando dor, mesmo após a ejaculação. A ereção no caso do priapismo não é motivada por excitação sexual. A ressonância magnética pode ser útil identificando a fístula e dando detalhes mais anatômicos. Se o priapismo não for tratado de forma correta pode causar sérias conseqüências a longo prazo.
  • Doença de Peyronie: A ressonância magnética  auxilia no diagnóstico da doença, que se caracteriza pelo curvatura excessiva do pênis. Esta curvatura é geralmente consequência de traumas ou microtraumas durante o ato sexual, sendo muitas vezes necessário a intervenção cirúrgica. A ressonância magnética do pênis ajuda a identificar o tamanho e localização da fribrose peniana.

Preparo para o exame de ressonância magnética do pênis

Este tipo de ressonância segue as mesmas recomendações gerais.

Adicionalmente, pode-se mencionar que os pacientes com próteses penianas, devem solicitar autorizações especiais para realizar o exame. Alguns tipos de próteses penianas são ferromagnéticas e não devem ser submetidas ao campo magnético da Ressonância.

Entre em contato e marque sua consulta com a Tesla Imagem.

Por |2018-09-24T11:57:30+00:0018 de julho de 2018|0 Comentários

Sobre o Autor:

Avatar

Deixar Um Comentário