Porque os exames de imagem são tão importantes na neurologia

Início/Exames/Porque os exames de imagem são tão importantes na neurologia

Porque os exames de imagem são tão importantes na neurologia

A neurologia é uma especialidade médica que trata doenças que atingem o sistema nervoso central e periférico. Para tratamento e diagnóstico de determinadas doenças como cefaleias, tonturas, alterações de equilíbrio, AVC, Mal de Alzheimer, entre outros, os exames de imagem são fundamentais.

Os exames podem ser solicitados para pessoas de todas as idades, desde que haja a necessidade de confirmar alguma suspeita. 

Confira agora quais são os exames de imagem mais solicitados na área da neurologia.

Ressonância magnética

A ressonância magnética do crânio é fundamental para identificar uma série de problemas neurológicos, como defeitos genéticos no cérebro, sangramentos, infecções cerebrais, tumores, distúrbios hormonais, esclerose múltipla, aneurismas, Acidente Vascular Encefálico (AVE), inchaços e muito mais.

O exame utiliza campos magnéticos para gerar imagens do cérebro e tecidos próximos – e ao contrário de outros tipos de procedimentos, não utiliza radiação ionizante.

A ressonância magnética geralmente é solicitada quando um paciente chega ao neurologista com sintomas como fraqueza muscular, sensação de formigamento, perdas auditivas, dores de cabeça, dificuldade de fala, problemas de visão, tonturas, entre outros.

Já em casos em que se faz necessária a avaliação dos vasos sanguíneos do cérebro, é solicitada uma angiografia por ressonância magnética.

A duração da ressonância magnética é de 30 minutos em geral, e o paciente já está liberado para realizar suas atividades diárias normalmente.

Tomografia computadorizada

Quando é preciso avaliar problemas no cérebro, seios da face, pescoço, mandíbula, orelha e outros ossos do rosto, a tomografia computadorizada de crânio é o exame de imagem mais indicado. O exame utiliza a radiação para gerar imagens da parte interna da cabeça e geralmente não necessita de outros exames complementares.

O exame é indolor, mas precisa do paciente totalmente imóvel – pois assim a máquina consegue capturar as imagens com total nitidez e qualidade. Quando não há a necessidade de contraste, o paciente não precisa realizar nenhum preparo. Já com o contraste, é preciso de 4 horas em jejum. 

O contraste é fundamental em casos de suspeita de tumores, pois com essa substância é possível elevar consideravelmente a qualidade da avaliação do exame de imagem, permitindo entender melhor as alterações no cérebro.

Esses são os dois tipos de exame de imagem mais importantes para a neurologia. Afinal, é com as imagens capturadas que o médico consegue ter um panorama mais preciso das condições reais da saúde do paciente, podendo oferecer um tratamento mais adequado. 

Aqui na Tesla Imagem você realiza esses exames em um espaço privativo, com o conforto e segurança que você merece. São máquinas de última tecnologia e uma equipe altamente qualificada. Além disso, o atendimento humanizado faz toda a diferença. Acreditamos que é fundamental oferecer conforto e credibilidade para quem realmente importa – você. 

Comece agora a cuidar da sua saúde, realize seus exames na clínica que é referência em diagnóstico por imagem em Brasília. Agende seu horário com a Tesla Imagem!

Por |2019-12-29T18:41:15+00:0019 de dezembro de 2019|0 Comentários

Sobre o Autor:

Avatar

Deixar Um Comentário