Tireoide: Como os exames de imagem ajudam no diagnóstico?

Início/Exames/Tireoide: Como os exames de imagem ajudam no diagnóstico?

Tireoide: Como os exames de imagem ajudam no diagnóstico?

A tireoide é uma pequena glândula, localizada no pescoço, mais precisamente atrás do pomo de adão. Possui cerca de 5 centímetros de diâmetro e quando está em seu estado normal, não pode ser vista muito menos sentida com as mãos.

Qual a função da tireoide?

A tireoide é responsável pela fabricação de hormônios metabólicos que são espalhados por todo corpo. Os hormônios da tireoide influenciam de duas formas: estimula o organismo do corpo a produzir proteínas e aumenta a quantidade de oxigênio que as células usam.

Quando a tireoide começa a falhar, ou trabalhar em excesso, pode ocasionar problemas no organismo da pessoa.

O principal hormônio desenvolvido na tireoide é chamado de T4. Este sofre uma transformação dentro do organismo, passando a ser chamado de T3, o principal hormônio usado pela tireoide no nosso organismo. A conversão ocorre no fígado, que fica responsável de enviar os hormônios para diversas partes do corpo.

Os hormônios da tireoide afetam diversas partes vitais do corpo humano, como por exemplo a frequência cardíaca, frequência em que as calorias são queimadas, manutenção da pele, produção de calor, fertilidade e digestão.

Sinais de problemas na tireoide

Alguns sinais servem como alerta para a imediata visita a um médico. Esses problemas apresentados a seguir podem ser confundidos com outras doenças e por esse motivo o paciente deve buscar ajuda profissional o mais breve possível para obter um diagnóstico correto. Os sinais de problemas na tireoide são:

  • Depressão ou tristeza em excesso;
  • Perda de apetite ou aumento do apetite;
  • Sonolência;
  • Pressão alta;
  • Palpitações;
  • Ansiedade;
  • Prisão de ventre;
  • Queda de cabelo;
  • Ressecamento de pele e cabelos;
  • Cansaço ou fadiga;
  • Lentidão nos pensamentos ou esquecimento de fatos importantes;
  • Ganho de peso;
  • Aumento no tamanho do pescoço;
  • Dor de garganta ou no pescoço;
  • Sensibilidade excessiva ao frio.

Diagnóstico de problemas na tireoide

Somente um médico especializado poderá fazer o diagnóstico e apontar os possíveis tratamentos para um paciente com problemas na tireoide. Ele fará uma breve avaliação física, medindo pressão, examinando a garganta com as mãos para tentar encontrar possíveis nódulos. Em seguida, o médico irá solicitar um exame de sangue exploratório. É nesse exame de sangue que são solicitadas as análises de três hormônios importantes para a tireoide: o TSH, T4 e T3.

O TSH é o maior indicador de que há problemas na tireoide. Caso os níveis estejam muito altos, o paciente apresentará um quadro de hipotiroidismo, ou seja, a tireoide está trabalhando menos do que necessário. Se o paciente apresentar o TSH muito abaixo do nível desejado, significará que possui hipertireoidismo, isso significa que a tireoide está trabalhando mais do que necessário.

Exames de Imagem para diagnóstico de problemas na tireoide

Os exames de imagem são especialmente importantes para o diagnóstico de problemas na tireoide. Costumam ser solicitados para a avaliação de possíveis nódulos encontrados no exame médico.

A ultrassonografia é o exame mais indicado para diagnosticar problemas na tireoide. Este exame consegue transmitir imagens através de ondas sonoras, não sendo necessário o uso de radiação. Com a ultrassonografia é possível identificar se os nódulos são concisos ou líquidos, auxiliando no diagnóstico correto e dimensão da doença.

Sintomas do Hipertireoidismo

Os distúrbios de tireoide ocorrem quando uma ou mais glândulas param de funcionar corretamente. Os sintomas de hipertireoidismo são:

  • Perda de peso ou aumento de peso;
  • Aumento de apetite;
  • Aumento na frequência cardíaca;
  • Palpitações;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Nervosismo;
  • Transpiração excessiva;
  • Evacuações excessivas;
  • Alteração do ciclo menstrual;

Sintomas do Hipotiroidismo

Entre os sintomas mais comuns estão:

  • Depressão;
  • Processos mentais lentos;
  • Letargia;
  • Frequência cardíaca reduzida;
  • Sensibilidade ao frio;
  • Formigamento das mãos;
  • Prisão de ventre;
  • Alterações no ciclo menstrual;
  • Peles e cabelos secos;
  • Unhas quebradiças.

Tratamentos para tireoide

Muitos pacientes que apresentam quadros de problemas na tireoide, devem apenas fazer o acompanhamento médico todos os anos. Porém, em casos mais graves, é necessário fazer uso de medicamentos para fazer o controle dos níveis hormonais.

Alterações de tireoide em idosos

Ao envelhecer, é comum que os pacientes sintam uma redução na produção dos hormônios. Os níveis produzidos pela tireoide também sofrem uma leve alteração, não significando que todos os idosos terão problemas na tireoide. Porém, é importante observar que pessoas idosas costumam apresentar muitos distúrbios na tireoide ao chegar em determinada idade.

A indicação dos médicos é que o paciente acima de 70 anos mantenha um acompanhamento regular, sempre realizando exames de controle.

Por |2018-09-24T19:03:15+00:001 de agosto de 2018|0 Comentários

Sobre o Autor:

Avatar

Deixar Um Comentário