Para que serve a Ressonância de Corpo Inteiro?

Início/Exames/Para que serve a Ressonância de Corpo Inteiro?

Para que serve a Ressonância de Corpo Inteiro?

A Ressonância Magnética de Corpo Inteiro (ou Difusão de Corpo Inteiro) tem se tornado um importante exame na detecção e estadiamento de tumores. De maneira semelhante ao PET-CT, são feitas aquisições da cabeça até os joelhos, empregando diferentes técnicas da ressonância magnética, incluindo a difusão, com alta sensibilidade para a detecção de tumores e metástases.

Seu uso tem crescido nos grandes centros médicos do mundo, à medida que os aparelhos mais modernos permitem a realização de imagens com melhor qualidade e em menor tempo.

É hoje uma alternativa ao PET-CT com eficácia comprovada no estadiamento de tumores malignos e tem como principais vantagens não utilizar radiação ionizante e não utilizar contraste, tornando um método mais seguro e tolerado, especialmente em crianças, além de ser mais barato que o PET-CT.

Quando devo fazer uma ressonância magnética de corpo inteiro?

O médico solicita uma ressonância magnética de corpo inteiro quando é preciso fazer o estadiamento ou para controle de doenças malignas. Outra aplicação crescente da ressonância magnética de corpo inteiro é em situações em que o paciente se queixa de dores em várias partes do corpo, detectando locais onde provavelmente existam alterações que poderão ser melhor avaliadas através da ressonância magnética direcionada em um segundo momento.

Principais indicações para o exame:

  • Estadiamento do Linfoma
  • Metástases Ósseas
  • Mieloma Múltiplo
  • Estadiamento do Câncer de Pulmão
  • Estadiamento do Câncer de Ovário
  • Poliartralgia – dores em várias articulações

O que seu médico deve saber

Você sabia que a força da ressonância magnética pode ser 100 mil vezes maior que o campo magnético da Terra? Por isso, pessoas que possuem marca-passos, clipes de aneurisma ferromagnéticos, neuroestimuladores ou próteses de ouvido não removíveis não devem se submeter ao exame. Caso tenha algum implante metálico ou tatuagem recente, é imprescindível que seu médico saiba.

Quando os metais são submetidos a pulsos de radiofrequência, eles podem conduzir calor e causar danos ao paciente. Isso também é válido para as tatuagens, pois algumas tintas possuem ferro em sua composição. Se ela é recente, vale aguardar de 4 a 6 semanas para realizar esse exame.

Como funciona?

O procedimento da ressonância magnética de corpo inteiro é igual a outra ressonância. A principal diferença é que o tempo de realização é maior, pois a área a ser escaneada é maior. É fundamental que o paciente fique imóvel durante todo o exame, para não comprometer as imagens.

Deitado em uma maca, o paciente será inserido no tubo da ressonância que, entre 30 a 40 minutos fará todo o escaneamento corporal. Depois, ele é liberado para suas atividades normais.

Em alguns casos, é necessário a aplicação de contraste para avaliar o comportamento da sua absorção. Nesse caso, o paciente terá que colocar um acesso venoso e seguir algumas recomendações específicas para que o exame tenha sucesso.

A Tesla Diagnóstico por Imagem é pioneira na realização de ressonância magnética de corpo inteiro, oferecendo atendimento humanizado e de excelência, garantindo sua privacidade e conforto. Agende seu exame conosco!

Por |2018-02-21T15:32:48+00:002 de janeiro de 2018|1 Comentário

Sobre o Autor:

Avatar

Um Comentário

  1. Avatar
    Beatriz Monteiro Pinheiro 30 de janeiro de 2019 em 05:44 - Responder

    C qual o valor?

Deixar Um Comentário